Tartarugas marinhas
 
   Cães
   Cães
   Raças de cães
   Cuidados e alimentação

   Gatos
   Os gatos
   Raças de gatos

   Cavalos
   Os cavalos
   Raças de cavalos

   Mamíferos
   Coelhos
   Elefantes
   Esquilos
   Hamsters
   Lobos
   Macacos
   Morcegos
   Ursos

   Mamíferos marinhos
   Baleias
   Focas
   Golfinhos
   Orcas

   Felinos
   Leões
   Leopardos
   Linces
   Tigres

   Répteis
   Crocodilos
   Iguanas
   Serpentes
   Tartarugas
   As tartarugas
   Tartarugas terrestres
   Cuidados das tartarugas terrestres
   Tartarugas marinhas
   Ameaças das tartarugas marinhas
   Tartaruga-dos-Galápagos

   Mundo marinho
   Peixes
   Tubarões

   Aves
   Águias
   Pássaros
   Pinguins

   Insectos
   Borboletas
   Formigas

   Animais
   Animais famosos
   Cuidados de animais
   Curiosidades sobre animais

   Imagens
   Desenhos
   Fotos
   Fundos de Ecrã
   Imagens graciosas
   Gifs animados


Tartarugas marinhas
129

Tartarugas marinhasAs tartarugas marinhas são répteis com carapaça e existem à mais de 150 milhões de anos e conseguiram sobreviver a todas as mudanças do planeta.

Tiveram a sua origem na terra, mas pouco a pouco foram evoluindo e adaptando-se ao meio marinho, diferenciando-se do resto dos répteis.

Existem outras espécies de tartarugas marinhas agrupadas em duas famílias, as Dermochelyidae e as Cheloniidae e geralmente vivem em mares amenos ou quentes. Dessas espécies, cinco se encontram no Brasil. Na costa Andaluza existem exemplares de duas espécies, a tartaruga-de-couro (Dermochelys coriácea) e a tartaruga-comum (Caretta caretta). O resto das espécies são a tartaruga verde, a tartaruga-de-pente, tartaruga-de-kemp, tartaruga-oliva e a natator depressus.

As tartaruga marinha são animais geralmente solitários que passam 90% do seu tempo no mar aberto. Estas condições dificultaram o seu estudo como animal, pois muitos aspectos da sua vida continuam um mistério. Aliás, há que destacar que a diferença das outras espécies, as tartarugas marinha raramente convivem entre si.

As primeiras 48 horas de vida das tartarugas marinhas são cruciais. Desde da altura que sai da casca deve viajar da praia até ao mar pelos seus próprios meios sem ajuda de nada. Isto significa salvar-se dos predadores e também conseguir encontrar alimentos sozinha. No mar aberto, as tartarugas marinha têm de fazer frente às fortes correntes. Por essa razão, a sua visão é limitada.

Uma habilidade característica das tartarugas marinhas é a de migrar e depois serem capazes de regressar à mesma praia para aninhar. Isto foi alvo de muitos estudos, chegando à conclusão que as tartarugas conseguem detectar os campos magnéticos da terra para determinar a latitude e longitude e assim poder navegar e situar-se, apesar de ainda estar por confirmar.

As tartarugas marinhas alcançam a maturidade sexual aos 7 a 8 anos de idade.

Imprimir artigo Enviar artigo
Tags:   répteis, tartarugas, tartarugas marinhas
Contacto MundoEntrePatas.com. O teu portal sobre os animais: cães, gatos, esquilos, coelhos, hamsters...
Condições de uso